Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Acadêmicas são abordadas na porta de universidade, roubadas e estupradas

Acadêmicas são abordadas na porta de universidade, roubadas e estupradas

Duas universitárias foram estupradas ontem à noite e tiveram a caminhonete roubada e incendiada. Crime teve início por volta das 20h40, momento em que elas saíam da universidade localizada na Rua Ceará, Bairro Miguel Couto, em Campo Grande (MS), e entravam no veículo modelo S10.

Conforme apurado pela reportagem, as amigas deixaram as dependências da universidade e entravam na caminhonete, que estava estacionada na rua lateral de acesso ao 21 Music Bar, quando foram abordadas pelo criminoso que estava armado com uma pistola. Inicialmente, a suspeita era de que se tratava de roubo, já que na abordagem, o criminoso anunciou o assalto.

O marginal obrigou as duas a entrarem no veículo e todos seguiram para a região sul da Capital. Todos transitavam por várias ruas até que pararam em local mais afastado do perímetro urbano e foi quando estuprou as acadêmicas. Segundo relatos, ele teve conjunção carnal com uma, enquanto passava a mão no corpo da outra.

Em seguida, o criminoso abandonou as universitárias na Rua da Divisão, no Bairro Parati e fugiu do local, por volta das 23h. Elas pediram ajuda, foram levadas para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga e, enquanto comunicavam os crimes à polícia, receberam a informação de que o veículo havia sido encontrado incendidado.

Equipes da Depac, Grupo de Operações e Investigações (GOI), Batalhão da Polícia Militar de Choque (BPChoque), Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros (Garras) e 10º Batalhão da Polícia Militar montaram força-tarefa, mas o autor dos crimes não foi encontrado.

X