Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

FOZ DO IGUAÇU TERÁ CONDOMÍNIO DE STARTUPS

FOZ DO IGUAÇU TERÁ CONDOMÍNIO DE STARTUPS

Foz do Iguaçu, um dos destinos turísticos mais visitados do Brasil, também quer ser reconhecido por ser um polo de empreendedorismo tecnológico. O primeiro passo foi dado pela Prefeitura Municipal com o lançamento do edital de reforma do prédio do antigo Centro Municipal de Turismo, na Avenida das Cataratas, onde funcionará o Centro Municipal de Inovação, que abrigará cerca de 50 startups de tecnologia.

“Entraremos no mapa brasileiro da inovação e tecnologia. A instalação do Centro de Inovação vai estimular novos negócios no setor, movimentando a economia, mas também incentivando a vocação empreendedora com soluções que contribuam para avanços em diversas áreas, como turismo, segurança, saúde, educação e tantas outras em nossa cidade dentro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU”, avalia o prefeito Chico Brasileiro.

O Município pretende reformar o prédio do Centro Municipal de Turismo, onde está instalada a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Conselho Municipal de Turismo - Comtur, Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - Codefoz, serviço de informações turísticas, dentre outras atividades, para implantação do novo espaço.

A empresa que vencer a licitação, no tipo concorrência pública, ficará responsável pela revitalização da área interna e externa, substituição da cobertura, modernização da rede elétrica, hidráulica, repaginação dos espaços internos, estacionamento, galerias pluviais e outras melhorias dentro da área de 2.500 mil metros quadrados do prédio.

A estimativa é que as obras recebam um investimento de R$ 2,4 milhões. Os recursos são provenientes da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos. O projeto da reforma foi doado pelo Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu, o Fundo Iguaçu.

O Centro Municipal de Inovação funcionará no andar superior do prédio após a reforma. Local abrigará salas de coworking, startups, networking e business service, tendo à disposição uma estrutura com espaço para reuniões e eventos. O ambiente também proporcionará a troca de informações entre empresas de diferentes setores e a redução de custos com estruturas próprias.

“Temos uma legislação municipal, a Lei Complementar 283/2017, e outra estadual, a Lei 15.634/2007, que permitem um ambiente diferenciado para a instalação de negócios de tecnologia e inovação em Foz do Iguaçu. Também já modificamos o Plano Diretor e a Lei de Zoneamento e Uso do Solo liberando praticamente todos os CNAEs para instalação de empresas de tecnologia em todas as regiões da cidade, inclusive no Corredor Turístico”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

“Quando iniciarem as obras de repaginação do Centro Municipal de Inovação, teremos nove meses para formatar e publicar edital de seleção das startups. Chamaremos todas as instituições para definição do modelo de gestão. Ideia é selecionar iniciativas em áreas de ponta, como audiovisual, realidade virtual, 4D, games, animação e computação gráfica, video mapping, dentre outras”, acrescenta Piolla

X