Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Foz recebe 134 novas câmeras de segurança; investimento é de R$ 4 milhões

Foz recebe 134 novas câmeras de segurança; investimento é de R$ 4 milhões

O trabalho integrado das forças de segurança na fronteira ganhará um reforço com a instalação de 134 câmeras de videmonitoramento em Foz do Iguaçu. A entrega dos equipamentos à Guarda Municipal aconteceu na manhã desta sexta-feira (24), na sede do órgão, e foi acompanhada pelo prefeito Chico Brasileiro, o secretário de segurança, Reginaldo José da Silva e o secretário de Tecnologia da Informação, Evandro Ferreira.

Até o final do ano, todas as câmeras devem estar instaladas e interligadas a central de videomonitoramento da Guarda Municipal. O investimento é de R$ 3,8 milhões, recursos do Ministério da Justiça e contrapartida do município.

As câmeras de alta tecnologia oferecem qualidade de imagem de 2 megapixel (Full HD), capazes de identificar pessoas ou objetos em alta definição, a qualquer hora do dia. Elas permitem, por exemplo, que os órgãos de segurança façam a leitura das placas dos veículos, além de fornecer provas em casos de furtos ou roubos. “Vamos preparar nossa cidade com muita inteligência para combater a criminalidade. As câmeras serão instaladas em locais estratégicos e vão contribuir de maneira significativa com a segurança da nossa fronteira”, disse o prefeito Chico Brasileiro.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação, um cronograma de ações já foi definido entre o município e a empresa vencedora da licitação. “Conseguimos a autorização da Copel para a instalação de 200 km de fibras ópticas que interligarão as câmeras em rede. Essa instalação começa em setembro, e até dezembro, a empresa tem o prazo para a colocação das câmeras” reiterou Evandro.

Os pontos onde serão instaladas as câmeras foram definidos em parceria pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). “Todas as forças de segurança do município definiram locais estratégicos, como as pontes da Amizade e Tancredo Neves, BR 277 e em ruas próximas a escolas, CMEIS, postos de saúde e outros locais”, explicou o secretário de segurança, Reginaldo da Silva.

As outras 124 câmeras que integravam a central de videomonitoramento foram desativadas e passam por manutenção. Segundo o secretário, 80 estão sendo consertadas e 44 serão adquiridas novamente pelo município. “Estamos recuperando as antigas, que ficaram cinco anos sem manutenção, e agora, seguimos com duas frentes de trabalho, para recuperação e ampliação do sistema”, afirmou Reginaldo.

X