Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Governo suspende pagamento de royalties da Itaipu a municípios e Estados

Governo suspende pagamento de royalties da Itaipu a municípios e Estados

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou que o pagamento de royalties da Usina Binacional de Itaipu para municípios e Estados está suspenso a partir de outubro por insuficiência orçamentaria. O anuncio foi feito na quarta-feira (17).

Segundo a agência reguladora, a previsão orçamentária para o pagamento dos recursos tornou-se insuficiente devido ao aumento do dólar nos últimos dias.

O Governo Federal enviou ao Congresso Nacional 1 projeto de lei pedindo 1 crédito suplementar ao Orçamento da União no valor de R$ 1,2 bilhão para quitar as pendências. Do total, R$ 214,9 milhões será usado para compensação financeira dos royalties da usina.

Os governos brasileiro e paraguaio recebem uma compensação financeira pela utilização do potencial hidráulico do Rio Paraná para a produção de energia elétrica na Itaipu.

O cálculo do valor considera a quantidade de energia gerada mensalmente e a cotação do dólar.

PAGAMENTO DE ROYALTIES

O repasse dos recursos é feita pela usina à Secretaria do Tesouro Nacional em 2 pagamentos: o principal, referente à energia gerada no mês anterior e o ajuste do dólar, referente à energia gerada no ano anterior e dividida em 12 parcelas. Os valores são repassados aos beneficiários pela Aneel, uma vez por mês.

Segundo a Itaipu, no dia 28 de setembro de 2018 foi efetuado repasse US$ 11,2 milhões em royalties ao Tesouro Nacional. Ao Governo do Paraná e aos 15 municípios paranaenses que fazem divisa com o reservatório da Itaipu, destinou-se o equivalente a US$ 8,5 milhões.

A distribuição dos royalties é proporcional a área alagada dos municípios, com percentuais definidos pela Aneel.

A Itaipu Binacional informou que o repasse feito pela hidrelétrica está rigorosamente em dia.

Divisão de royalties da Itaipu Binacional por Municípios:

Os valores estão em dólares

Diamante do Oeste – 23,1 mil

Entre Rios do Oeste –135,1 mil

Foz do Iguaçu – 829 mil

Guaíra – 209,5 mil

Itaipulândia – 738,2 mil

Marechal Cândido Rondon – 230,2 mil

Medianeira – 4,8 mil

Mercedes – 79,3 mil

Missal – 164,6 mil

Mundo Novo (MS) – 60,4 mil

Pato Bragado – 193,3 mil

Santa Helena – 1.083,2 mil

Santa Terezinha de Itaipu – 172,1 mil

São José das Palmeiras – 8 mil

São Miguel do Iguaçu – 373,4 mil

Terra Roxa – 6,5 mil

X