Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

PREFEITURA E SEBRAE PROMOVEM CAPACITAÇÃO PARA OS CLUBES DE MÃES

PREFEITURA E SEBRAE PROMOVEM CAPACITAÇÃO PARA OS CLUBES DE MÃES
A Prefeitura de Foz do Iguaçu em parceria com o SEBRAE deu início nesta quarta-feira (14) ao Workshop sobre Empreendedorismo para cerca de 100 mulheres integrantes dos Clubes de Mães. 
 
Durante três encontros, elas receberão informações sobre como aprimorar os negócios, conceitos e práticas de mercado, finanças e projeção de vendas. O intuito do município é fazer com que estas mulheres se tornem multiplicadoras do conteúdo e fomentem seus negócios nas regiões onde vivem. Hoje, são 32 clubes de mães espalhados por todas as regiões da cidade. 
 
De acordo com a primeira dama, Rosa Maria Jerônimo Lima, desde que a nova gestão assumiu a Prefeitura, em maio do ano passado, diversas ações estão sendo desenvolvidas com os clubes de mães. “Estamos fazendo reuniões com essas mulheres, orientações e também algumas doações do Banco de Alimentos. Agora, estamos propondo essa capacitação para que elas possam buscar a formalização e entendam os benefícios deste processo. O objetivo é encontrar, posteriormente, um caminho para que elas possam saber o valor daquilo que elas produzem e possam ter um ganho real, de maneira mais profissional”, explicou. 
 
O Workshop teve início nesta quarta-feira (14) na sede do Sebrae e será dividido em 3 módulos de 3 turnos (manhã, tarde e noite). Os outros dois encontros estão marcados para os dias 28 de março e 3 de abril. A capacitação foi articulada pela Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, através da servidora Salete Horst, que ocupava o cargo de diretora de empreendedorismo e desenvolvimento socioeconômico. Quem ministra o curso é a consultora do SEBRAE Sandra Finkler. 
 
Clubes de Mães
As mulheres que compõem os Clubes de Mães possuem entre 25 e 60 anos de idade e produzem, na grande maioria, artesanatos para complementar a renda familiar. A produção - que inclui toalhas, tapetes em crochês, pintura em tela, panos de prato bordados, sabonetes artesanais, biscuits e caixinhas personalizadas - é feita nas próprias casas ou nas associações de moradores. “Através desta consultoria do SEBRAE acreditamos que abrirá um leque de possibilidades, inclusive com o aumento da renda familiar” disse a coordenadora dos Clubes de Mães, Miriam Maidana. Segundo ela, a maior dificuldade das artesãs hoje é dar preço aos produtos. “Aqui elas vão aprender como planejar, como começar um trabalho e como fornecer ao mercado, que são as principais duvidas”, completou Miriam. 
X