Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Primeira fase da reabertura do comercio do paraguaí inicia dia 04

Primeira fase da reabertura do comercio do paraguaí inicia dia 04

Na segunda-feira, 04 de maio, o Paraguai começa executar um plano de flexibilização da quarentena. De acordo com as informações repassadas pelo Ministro de Saúde, Julio Mazzoleni, o plano terá quatro fases de execução. Cada fase terá um período de duração de três semanas. Neste tempo os resultados serão analisados para decidir se a próxima será executada ou não.

A primeira fase estão incluídas a abertura das indústrias e fábricas em geral, serviços de delivery e de cobrança. Também serão retomados os serviços prestados em residências, como salão de beleza e outros, sempre tomando os cuidados para não haver aglomeração de pessoas. A prática de esporte individual será permitida.

Além disso, também se mantém as medias para manter os serviços essenciais no setor público e a mobilização do setor de provisão de alimentos e insumos médicos. No setor de construção, nesta primeira fase serão incluídos, tanto o setor público, como o setor privado. No entanto, somente quando as obras ocorrem a céu aberto.

Esta fase seguirá até o dia 21 de maio. Em seguida, será decidido se avançará para a fase dois. Nesta segunda fase, estão incluídas as lojas comerciais de até 800m², escritórios corporativos, além da permissão para eventos esportivos e culturais sem público.

O Ministro ressaltou que durante todo o processo, avaliações serão feitas para determinar se avança a fase seguinte ou retorna a quarentena total. Os setores econômicos que não cumprirem com as obrigações poderão serem fechados. Ainda não há previsão para a abertura das fronteiras.

Primeira fase
Os setores habilitados para operar na segunda-feira, 04, terão que seguir estritamente os protocolos: os locais deverão prover pia para lavar as mãos, exigir o uso de máscaras e distanciamento físico entre as pessoas.

“Os serviços tem uma alta porcentagem de aderir da melhor forma possível os protocolos estabelecidos. O Governo fará o controle, mas é muito importante que haja o compromisso de cidadania, sobre tudo das industrias e setores que iniciam as atividades” recomendou o Ministro.

O Governo do Paraguai também iniciou uma campanha chamada de “Modo Covid de Vivir” onde orienta as pessoas que tem permissão para circular sigam as medidas estabelecidas, como uso de máscaras, distanciamento social, evitar aglomeração, lavar as mãos frequentemente e evitar o compartilhamento de objetos que possam permitir o contágio por via oral, ou ao contato com o rosto.

De acordo com a Ministra de Industria e Comério (MIC) Liz Cramr, já na fase 1, 58% das atividades econômicas serão retomadas no país. No entanto, ressalta que o plano será dinâmico e que estará sujeito as indicações da Saúde.

Indicadores para avançar a fase seguinte
O Ministro Mazzoleni indicou que serão avaliados novos indicadores diretos, entendendo que o coronavírus se manifesta durante 14 dias. Os indicadores são: Quantidade de internados, pessoas internadas por Covid-19 que não seja em UTI, assim como o monitoramento das consultas via telefone (154).

Ele ressaltou que a partir da linha telefônica se avalia a média de consultas diárias por quadro respiratórios e as regiões. Isso permite que a Direção de Vigilância tenha um panorama mais preciso sobre o avanço acelerado, ou não, do coroanvírus.

Estes indicadores serão compartilhados com a população durante as avaliações previstas antes de decidir se o plano avançará para a próxima fase, afirmou Mazzoleni.

Fonte: Agência IP

X