Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Projeto Futsal Lindeiro já está batendo um bolão

Projeto Futsal Lindeiro já está batendo um bolão

No dia em que o Brasil enfrenta a Bélgica pelas quartas-de-final da Copa do Mundo da Rússia, às 15h desta sexta-feira (6), os participantes do Futsal Lindeiro, projeto social apoiado pela Itaipu, se reuniram no Refúgio Biológico Bela Vista para uma avaliação técnica.

Em nome da Diretoria Administrativa, o assistente Rogério Miranda deu as boas-vindas aos participantes do encontro. “Esse é um dia muito importante não só pela partida do Brasil, mas pelo que o esporte representa para nossa região”. Segundo ele, “o Futsal Lindeiro é uma ferramenta importante de inclusão de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. E o resultado do projeto vem mostrando isso”.

Representado o diretor-geral brasileiro, Marcos Stamm, o assessor Tércio Albulquerque reforçou que o esporte tem um papel fundamental na vida das pessoas, porque ajuda tanto intelectualmente quanto fisicamente a desenvolvê-las. “Pode parecer uma modalidade simples, mas é muito rica para desenvolver nossos adolescentes. E essa é uma das nossas missões de Itaipu”, concluiu.

Também participaram do encontro autoridades municipais da região e representantes da Itaipu Binacional, entre eles, o gestor do projeto, Francisco Cabaleiro, da Assistência da Diretoria Administrativa de Itaipu.

Futsal Lindeiro

O Futsal Lindeiro é uma iniciativa do Instituto de Pesquisa do Oeste do Paraná em parceria com as prefeituras e o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros. O programa atende, de forma gratuita, crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, promovendo inclusão social, lazer, terapia ocupacional e educação.

O projeto começou em abril e deverá atender ao todo cerca de 500 jovens, com idade de 10 a 15 anos. A condição é de que os participantes estejam matriculados e frequentando a escola. São três categorias: sub 11, sub 13 e sub 15. Além das aulas, os alunos participam de competições e de avaliações para atuar em times de futsal.

O projeto é aplicado em 15 municípios: Medianeira, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre Rios do Oeste, Pato Bragado, Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Guaíra, São José das Palmeiras, Diamante do Oeste, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Foz do Iguaçu e Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul. O trabalho inclui oficinas e o fornecimento do material de apoio.

Fotos: Nilton Rolin / Itaipu Binacional

X