Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Seis praças de pedágio na BR 277 poderão reduzir em 30% o valor da tarifa

Seis praças de pedágio na BR 277 poderão reduzir em 30% o valor da tarifa

Um acordo foi fechado no início da semana e prevê que as concessionárias, Ecocataratas e Ecovias pagarão R$400 milhões até o fim das concessões em 2021 como compensação pelas infrações e ilícitos revelados.

A leniência envolve diversos atos de corrupção e lavagem de dinheiro, relacionados ao contrato de concessão firmado entre o estado do paraná, o departamento de estradas de rodagem do paraná, o departamento nacional de infraestrutura de transportes, o ministério dos transportes e a Ecorodovias que controla as duas concessionárias.

A empresa reconheceu o pagamento de propinas para a obtenção de modificações contratuais benéficas à concessionária desde o ano 2000.

As concessionárias terão ainda a obrigação de estruturar programa de integridade, ética e transparência, apresentando relatórios anuais ao MPF (Ministério Público Federal), com o objetivo de assegurar a adequação e os mecanismos de controle e integridade.

A redução das tarifas será de 30%.

Na praça de pedágio em São José dos Pinhais, o valor vai cair de R$20,90 R$14,63.

Nas praças de Candói, Laranjeiras do Sul e Cascavel, as tarifas vão de R$13,50 R$9,45.

Céu Azul, R$12,50 para R$8,75 e em São Miguel do Iguaçu de R$16,40 para R$11,48.

A redução das tarifas de pedágio vai beneficiar milhares de usuários que todos os dias atravessam o estado pela BR 277 mas vai também ajudar os operadores de Turismo. Foz do Iguaçu, por exemplo lançou a poucos dias uma campanha onde os hotéis pagam o pedágio para quem vier a cidade de carro.

20 estabelecimentos já tinham aderido aos sistema, número que deve subir a partir de agora com a redução da tarifas.

X