Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Vereador faz boletim contra presidente da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu

Vereador faz boletim contra presidente da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu

Hoje foi realizada mais uma sessão na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu e a reunião foi marcada com polêmica. Após apresentar uma proposta para o fim da reeleição da mesa diretora da casa, o vereador Márcio Rosa disse ter sido ameaçado pelo atual presidente da Câmara Municipal. O caso foi parar na policia civil.

Da política para a policia. Esse foi o rito de um emenda à lei orgânica apresentada pelo vereador Márcio Rosa do PSD. A proposta é de acabar com a reeleição da mesa diretora da Casa podendo o mandato ser apenas por dois anos. A emenda foi apresentada na última sessão e teve apoio da maioria dos vereadores.

O problema é que após a sessão, nos corredores da casa, houve bate boca entre o autor do projeto e o atual presidente , vereador Rogério Quadros e o caso foi parar na policia civil. Marcio Rosa afirma que foi ameaçado pelo presidente.

No boletim de ocorrência consta que o presidente cobrou explicações do vereador e disse "Eu vou procurar pessoas e tomar providências". Hoje o presidente não participou da sessão por problemas de suade de um familiar. Já o vereador Márcio Rosa participou, mas não quis falar muito sobre o caso.

A proposta deve ser votada em segunda discussão nas próximas sessões.

Os vereadores aprovaram nesta quinta feira o projeto de lei que determina prazo máximo de tempo no atendimento no sistema único de saúde em foz. 15 dias para exames médicos. 30 dias para consultas, 60 dias para cirurgias eletivas e prazo máximo de três dias para consultas especializadas. Caso a unidade não respeitar os prazos então estará sujeita a um processo administrativo.

A sessão contou com a presença de diversos taxistas que foram para acompanhar a votação do projeto de lei do executivo que proibir a instalação do Uber em Foz do Iguaçu. O projeto foi aprovado sem votos contrários.

Fonte Catve

X