Na Boca do Povo - Seu Telejornal Online
MENU

Vila A vai ganhar novo parque para ciclismo e caminhada. Obras começaram nesta segunda-feira (3)

Vila A vai ganhar novo parque para ciclismo e caminhada. Obras começaram nesta segunda-feira (3)

Começaram nesta segunda-feira (3) as obras de revitalização da área

florestal onde passa o Arroio Jupirá, na entrada da Vila A, em Foz do

Iguaçu. O local ganhará uma calçada de 4.800 metros para caminhada e

corrida e uma ciclovia anexa à calçada, entre outras melhorias que vão

transformar a região em um novo parque da cidade. O contrato de R$ 8,4

milhões é financiado pela Itaipu Binacional e tem um prazo de execução de

24 meses.

O novo calçamento vai contornar a área florestal que está entre as

avenidas Paraná, Araucária e Garibaldi, na Vila A, e a marginal da BR-277.

A região já é ocupada por imóveis como o CTG-Charrua, um centro espírita e

o Centro de Medicina Tropical da Tríplice Fronteira. Os 7 km da trilha do

Vietnã, conhecida pelos praticantes de mountain bike, também passam pelo

local.

Segundo o diretor de Coordenação da Itaipu, Newton Kaminski, o

projeto – que integra uma série de obras da Itaipu na cidade – vai

transformar a região. “O projeto vai melhorar a estrutura para o uso de

bicicletas na cidade, além da própria segurança das vias”, explica

Kaminski. Para ele, a revitalização da área da Vila A cria uma nova região

de lazer e dá mais segurança ao local. “Qualquer um pode pegar o carro,

estacionar ali e fazer sua caminhada ou praticar exercício”, conclui.

Além do calçamento em paver e da ciclovia, o projeto prevê toda a

iluminação e sinalização do trajeto. No cruzamento das avenidas Garibaldi e

Araucária serão construídas uma quadra poliesportiva e uma guarita de

vigilância. Também está prevista a manutenção de serviços diversos e de

limpeza. Na próxima etapa, serão construídos quiosques, feito o paisagismo

e criado lagos na região.

Da Itaipu à Vila A

A revitalização da nova área integra uma série de investimentos em

infraestrutura feitos pela Itaipu na cidade. Em novembro, por exemplo,

começaram as obras para construção do novo acesso ao Parque Tecnológico

Itaipu (PTI), em frente à rotatória da Vila C, na Avenida Tancredo Neves. A

obra vai facilitar o acesso diário de quase sete mil pessoas ao PTI,

reduzindo a distância de 6 para 2,7 km.

A Avenida Tancredo Neves está recebendo novo calçamento, ciclovia e

iluminação, que será substituída por LED, além do sistema de drenagem de

águas pluviais. A obra é divida em três etapas e terá 1.700 km no primeiro

trecho, que vai da Barreira de Controle da Itaipu até o acesso a Furnas.

Depois da reforma da antiga estrutura, as obras do Mercado Municipal

entraram na segunda fase, no final de setembro. O projeto executivo,

elaborado pelo Parque Tecnológico Itaipu, prevê a instalação de 70 boxes

moduláveis para atender cerca de 50 empreendimentos, incluindo

hortifrutigranjeiros, açougue, peixaria, laticínios e frios, empório,

bebidas, mercearia, lojas temáticas, étnicas, quiosques e restaurantes.

X